Conheça o curso Técnico em Recursos Humanos, que formam profissionais responsáveis pela execução das rotinas administrativas de pessoal com base na Legislação Trabalhista e Previdenciária, bem como atua nos processos de recrutamento, seleção e integração. Com essa formação, o aluno poderá em: Indústrias e/ou comércios em geral; Prestadores de serviços; Empresas de recrutamento e seleção.

O Técnico em Recursos Humanos será habilitado para:

Organizar rotina diária dos processos de gestão de pessoas inerentes à relação de emprego/trabalho existente entre empresa e empregado, bem como documentos da área de recursos humanos;

Processar cálculos de folha de pagamento; Registrar informações governamentais, de fiscalização, de processos trabalhistas e de auditoria interna em recursos humanos;

Organizar e realizar ações de recrutamento e seleção; Realizar atividades diárias para desenvolvimento de pessoas e retenção de talentos.

Organizar rotinas relativas às políticas de remuneração e cargos; Realizar atividades relativas à concessão de benefícios;

Acompanhar e organizar processos administrativos de higiene e segurança do trabalho; Organizar e realizar ações de inclusão de Pessoas com Deficiência (PCDs) no ambiente de trabalho.

Para atuação como Técnico em Recursos Humanos, são fundamentais:

Conhecimentos e saberes relacionados à área de pessoal, para atuação em conformidade com as legislações e diretrizes de conduta, como também com as normas de saúde e segurança do trabalho.

Competências socioemocionais e atributos comportamentais relacionados à comunicação clara e cordial, respeito à diversidade, atenção à sustentabilidade, trabalho colaborativo, flexibilidade na resolução de conflitos e protagonismo na análise e solução de problemas. Conheça as vantagens do curso técnico em recursos humanos.

Carga horária mínima do curso Técnico em Recursos Humanos

O curso técnico terá duração estimada de um ano na forma subseqüente, com carga horária mínima de 800 horas. Essa duração pode variar de acordo com cada plano de curso, principalmente levando-se em conta os cursos integrados e concomitantes.

O curso, na modalidade presencial, poderá prever até 20% da sua carga horária diária em atividades não presenciais.

O curso poderá ser realizado na modalidade EaD com, no mínimo, 20% da carga horária em atividades presenciais, nos termos das normas específicas.

A instituição, ofertante do curso, poderá desenvolver a carga horária em regime de alternância, com períodos de estudos na escola e outros períodos no campo/local de trabalho.

Além da carga horária mínima prevista, o curso poderá ter estágio curricular supervisionado obrigatório, a critério da instituição ofertante.

Caso o curso seja ofertado na modalidade EaD, a carga horária de estágio será cumprida de forma presencial.

Pré-requisitos

  • Para ingresso no Curso Técnico Subsequente, o estudante deverá ter concluído o Ensino Médio.
  • Para ingresso no Curso Técnico Concomitante, o estudante deverá estar cursando o Ensino Médio.
  • Para ingresso no Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.
  • Para ingresso no Curso Técnico Integrado à Educação de Jovens e Adultos, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Com base no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT) disciplina a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio, a partir de 2021.