Serviço Social | Formação do Assistente Social

O assistente social é responsável por atuar junto a sociedade na garantia de direitos, planejar e executar políticas públicas e programas sociais com o intuito de garantir o bem-estar das pessoas. Dessa forma, as medidas são direcionadas à inserção dos indivíduos no coletivo.

Bacharelado em Assistente Social

Entre as principais incumbências desses profissionais pode-se citar o combate à exclusão social por meio de iniciativas que melhorem a qualidade de vida de crianças, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade. Por isso, eles trabalham em programas relacionados à alimentação, educação, saúde e lazer, além de implementar projetos de assistência comunitária.

A área de atuação do Assistente Social é bastante ampla, podendo atuar no terceiro setor, como em ONGs em parcerias com o Governo Federal, Estadual e Prefeituras, prestar concursos para á área do judiciário entre outras onde há necessidade do Assistente Social.

Dois dos principais locais de atividade para os assistentes sociais são as penitenciárias e instituições para menores. Nesse caso, a tarefa central é a promoção de estratégias de capacitação para restabelecer aqueles que se encontram à margem. Vale ressaltar que é obrigatório se inscrever no Conselho Regional de Serviço Social para se exercer essa função.

Descrição do curso de Serviço Social

O enfoque da graduação, que leva em média 4 anos, é fornecer as ferramentas para que os estudantes analisem a realidade social sob o aspecto histórico e crítico. Afinal, é somente assim que os alunos serão capazes de propor procedimentos que melhorem as condições da população. O currículo dispõe de várias cadeiras de sociologia, economia, filosofia e política, entre outros assuntos. Já no início da formação, os futuros assistentes sociais realizam pesquisas de campo em áreas carentes, bem como em organizações. O estágio é um pré-requisito para a conclusão do curso.

Mercado de trabalho do Assistente Social

Terceiro Setor como ONGs, instituições de ensino e principalmente no setor público. Nesses casos, as vagas tendem a ser preenchidas por meio de concursos. Existem vagas também nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social, no INSS, Judiciário entre outras, além disso o Assistente Social também atua em hospitais, unidades básicas de saúde, bem como nos ambulatórios direcionados.

Vários programas sociais do Governo Federal de proteção as pessoas em estados de vulnerabilidade como, por exemplo: Pronatec, Prouni, Bolsa Família e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), aumentam a busca por assistentes sociais fora das capitais.

Áreas de atuação do Assistente Social

No setor da educação, é responsabilidade desses profissionais desenvolver e por em prática bolsas de estudos e de apoio financeiro. Existem possibilidades para os assistentes sociais em empresas, onde é necessário gerenciar programas para o quadro de funcionários. Por fim, há quem se especialize em assistência à saúde ou a crianças e adolescentes.