O conceito de trabalhar em casa vem mudando muito nos últimos anos. Se, no passado, nos tempos dos nossos pais e avós, fazer toda a carreira dentro de uma única empresa, era o sonho ideal. Hoje em dia, com as mudanças nas relações de trabalho, bem como, as novas tecnologias, mudaram muito essa visão de mundo.

Trabalhar em casa, por exemplo, não restringe apenas aos chamados serviços artesanais, ou mesmo, um complemento da renda.

É possível, uma pessoa ter uma loja online, e gerir todas as suas operações a partir de casa. Há também quem mantém vínculo empregatício com uma empresa, porem, boa parte dos seus serviços, são prestados a partir de casa. Esses são apenas dois exemplos, de como a relação, ou melhor, o conceito de trabalhar em casa.

Os desafios de trabalhar em casa

É claro, que com essas mudanças, trabalhar a partir de casa, pode até parecer algo bem tentador. Afinal, principalmente nas grandes cidades, o tempo gasto no transporte público, ou mesmo nos congestionamentos todos os dias, já demonstra uma das vantagens de ganhar dinheiro no chamado Home Office.

Mas, garantir todos os meses uma renda que possa suprir o orçamento familiar, requer muita disciplina, conhecimento, bem como escolher o segmento de negócio certo.

A tecnologia já tornou grande parte dos ofícios possíveis que sejam desenvolvidos sem o deslocamento de casa.

Todas essas facilidades, também podem servir como uma armadilha. Isso porque, algumas atividades exercidas, tendem a entrar em uma rotina. E manter o foco, nem sempre é fácil. Por isso, além de dominar a aérea escolhida, ter disciplina, é uma dos requisitos obrigatórios.

Esse é um assunto bastante recorrente em nossas páginas, Afinal, buscar soluções para ter uma renda extra, vem se tornando uma demanda cada vez maior de nossa população. Abaixo, segue alguns assuntos abordados sobre trabalhar em casa.

Ter disciplina é fundamental

Ter um espaço físico isolado, no qual possa exercer suas tarefas, ajuda a evitar distrações. Trabalahr em casa, é muito fácil dispersar seu tempo na frente da TV, conversando com familiares, ou mesmo assumindo compromissos fora de suas atribuições.

Outro fator, pouco falado, relaciona a carga horária. Como no exemplo que citamos em ter um e-comerce, esse dedica muito tempo. Afinal a internet, é um espaço que nunca fecha. Portanto, exige uma dedicação de quase 24 horas por dia. Alem disso, nos primeiros anos, até que tudo esteja estabilizado, tirar períodos de férias ou folgas nos finais de semana, é quase impossível. Tudo isso precisa ser pesado na hora de optar por trabalhar em casa.

Abrir mão de compromissos sociais, é um fator que leva muitos empreendedores a perder o foco do seu trabalho. Afinal, abrir mão de participar de algumas reuniões familiares como festas ou almoços de finais de semana, nem sempre são compreendidos pelos familiares.

Fique a dica…

Antes de começar um negocio em sua residência, busque conhecer tudo sobre a área escolhida, como: concorrentes, demanda, público alvo, bem como, conhecimentos técnicos.

Fuja da informalidade: Não se esqueça de comprar um talão do INSS e garantir a seguridade social, bem como, sua aposentadoria. Como muitas atividades, exige a emissão de nota fiscal, vale a pena tornar, um Micro Empreendedor Individual. O MEI, é uma modalidade de pessoa jurídica, regulamentada para algumas atividades. Nela, a empresa pode ser aberta diretamente pela internet.