Tudo começa com um bom currículo, é o que ficará sabendo nesse guia de como fazer um currículo para primeiro emprego ou uma nova oportunidade de trabalho. Os recrutadores têm pouco tempo para avaliar muitos candidatos. Portanto, seja claro, organizado e conciso na hora de fazer um bom currículo.

Como fazer um currículo para chamar atenção do RH?

Um currículo bem feito pode ser o primeiro passo para o emprego dos seus sonhos. A contrapartida é que, se mal produzido, este material pode se tornar um grande inimigo. Assim, para causar a melhor impressão possível, vale dedicar atenção à tarefa, com tempo reservado para planejar, redigir, formatar e revisar cada item.

As qualidades mais importantes de um bom currículo são clareza, organização e concisão, o que significa informações tão breves quanto relevantes, fáceis de ler e de entender.

Vale ressalta que, um bom currículo é o seu cartão de visitas, ou seja,  é a primeira impressão que a empresa terá do seu perfil profissional e o que vai despertar o interesse do recrutador – ou não.

É importante lembrar que o recrutador tem pouco tempo para avaliar muitos currículos. Portanto, seja objetivo, claro e escreva de forma correta. Além de registrar seus conhecimentos, habilidades e experiências, o currículo também servirá como roteiro na entrevista de emprego.

Sendo assim, é importante pensar no que escrever, como se apresentar, relatar quais foram os trabalhos mais importantes e o que pretende fazer, incluindo possíveis especializações, objetivos de carreira etc..

Como chamar a atenção do recrutador?

Como fazer um currículo para chamar atenção do RH?

Saiba como fazer um currículo para chamar atenção do RH

Siga a ordem convencional da apresentação, pois a estrutura padrão de um currículo facilita a tarefa dos recrutadores. Na internet, vários sites, como Catho, Gerador de Currículo e Vagas, oferecem orientações e até modelos de currículos prontos. Porém, o melhor a fazer é usar tais referências como inspiração para desenvolver algo sob medida para o posto de trabalho almejado.

Honestidade é a palavra de ordem na hora de compor seu currículo. Obviamente, você pode – e deve! – valorizar suas qualidades. Porém, jamais invente informações. Se a mentira vier à tona, poderá ser o fim da confiança e, consequentemente, de boas oportunidades.

Bom senso também nunca é demais. Ou seja, um curso técnico que você abandonou há 10 anos provavelmente não fará diferença na disputa pelo cargo de web designer. Portanto, apenas inclua dados que tenham a ver com a vaga pretendida e avalie se cada informação é realmente necessária.

Para quem enviar currículos por e-mail, a objetividade é particularmente importante. Algumas empresas especificam o assunto a ser usado pelos candidatos a cada vaga. Mas, caso não haja essa determinação, nada de mandar mensagens com assunto “Meu CV”, algo que não diz nada para quem não o conhece. Seja específico e escreva algo relacionado ao seu objetivo, como “Currículo – Vendas”, “CV – Secretária bilíngue” ou “Vaga Trainee”, por exemplo.